Superliga 2013/14: Com a casa do adversário cheia, Sada Cruzeiro elimina Moda Maringá e segue para as semifinais

Mayara Rufino | @capitolinda

O bloqueio de Wallace (8) e Éder (16) fez a diferença na partida. Foto: CBV
A torcida maringaense bem que tentou: torceu para o time de casa e vaiou o visitante, mas não deu. O Cruzeiro venceu o Maringá na noite de hoje (13) em 3 sets contra 1 (parciais de 21/17, 21/18, 21/16 e 21/14). Com a vitória do time celeste, ocorrerá o tão esperado, desde o Sul Americano, clássico mineiro: o Sada/ Cruzeiro enfrentará o Vivo/ Minas, que venceu e eliminou na noite de terça (11) o RJ Vôlei.

Os três primeiros confrontos dos playoffs foram decididos em apenas dois jogos (sem a necessidade da partida de desempate): além do Minas e do Cruzeiro, o Vôlei Brasil Kirin/ Campinas eliminou o Kappesberg/ Canoas no segundo embate. Amanhã, às 19h, o São Bernardo encarará o Sesi-SP em casa, na segunda partida dos playoffs. A vantagem está com o time da Vila Leopoldina, que se vencer o time do ABC, o tira da competição. Se o Bernô levar a melhor, força uma terceira partida, dessa vez na Vila Leopoldina.

O jogo

No primeiro set, o time de casa começa com sorte: Leal, do Cruzeiro, erra o ponto de ataque. Em seguida, o Maringá faz 2 a 0 com ponto de bloqueio em cima de Wallace. Lorena, oposto do Maringá, acerta e depois erra, fazendo o time celeste encostar no placar: 4 a 3. Éder, central do Sada/ Cruzeiro, consegue igualar e o time visitante passa a frente. Com erros de saque dos dois lados, os cruzeirenses conseguem fechar o período com 21 acertos contra 17 dos oponentes.

Na segunda parte, o time do Ricardinho consegue, novamente, se impor temporariamente diante dos visitantes, com um 3 a 0. O time de casa consegue ir para o tempo técnico com vantagem, mas depois Wallace pontua e iguala o placar: 8 a 8. Na segunda parada técnica, o Cruzeiro já está na frente: 14 a 12. Com ataque para fora de Lorena, o time mineiro fecha o segundo set com 21 a 18.

O terceiro set também começou bom para o Maringá, com ponto de Felizardo. Mas com um deslize do argentino Quiroga, o time visitante empata: 5 a 5. O time de casa abre quatro pontos de vantagem em um rali disputadíssimo! Esse set era dos maringaenses: Lorena encerrou em 21 a 16.

Até então, a torcida no Chico Neto acreditava e fez sua parte: o Moda Maringá conseguiu manter a sobrevida no campeonato.  Mas, diferentemente dos outros sets, o Maringá não saiu na frente: ace do cubano Leal pelo Sada/ Cruzeiro.  Com direito a bloqueio e pancadas de Wallace seguidas, os celestes não deram chances para o Maringá, que em momento algum conseguiu igualar o placar. A definição da partida foi de Filipe. Com seu oponente para as semifinais definido, o Cruzeiro já pensa no futuro:

Vai ser uma semifinal difícil. Todos os confrontos com o Minas esse ano foram complicados, disse Éder, do Sada/ Cruzeiro, eleito o melhor da partida.

Lorena, responsável por marcações importantes da partida, lamentou enfrentar o Cruzeiro nas quartas:

Fizemos uma temporada irregular. Nossa intenção era não cruzar com o Cruzeiro antes da final, já que eles são a melhor equipe. Agora é levantar a cabeça para ver o que vai acontecer na próxima temporada, argumentou o oposto.

Captura de tela 2015-08-15 00.48.02

Publicado por Mayara Rufino

tt

pinte

insta

fb

 

Nasci Mayara, mas pode me chamar de Capitolinda. Sou formada em Jornalismo, faço pós em Literaturas Portuguesa e Africanas, e apesar de ser sedentária e das letras, sou apaixonada por vôlei.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s