Superliga 2013/14: Com apoio da torcida, RJ Vôlei luta, mas Vivo/ Minas vence e avança à semifinal

Juliana Coelho . @ju_br16

O time carioca lutou e fechou o segundo set, mas não conseguiu manter a postura em quadra. Foto: Armando Paiva / Ag. Estado

Foi difícil para o Minas. O atual campeão da Superliga, RJ Vôlei, foi eliminado, mas saiu da competição de cabeça erguida. Após uma temporada dramática, com a perda de seu patrocinador máster, a então OGX, e ver seu elenco desmantelar, a equipe se despede do campeonato. Mas cheia de orgulho e luta por parte dos que ficaram. Após o jogo, ao ser questionado sobre o time, o carioca Riad teve os olhos cheios de lágrimas. Ele, por sinal, jogava na raça e na vontade nos últimos meses: desde a saída da petrolífera de Eike Batista, o central não recebia:

– O trabalho foi cumprido. O Brasil inteiro sabe o que passamos no ano. Não é fácil ser campeão e passar pelo que passamos. Acontecer o que aconteceu de perder o patrocinador. Jogadores que fizeram a escolha certa de sair. Eu fiz a escolha certa em ficar. Aprendi muito com todo mundo. Vi que foi muito importante, não só dentro da quadra. Comecei a ver as coisas com outros olhos. Todo mundo se sacrificou, disse Riad. O time carioca saiu de quadra – e da Superliga 2013/14 – aplaudido pela torcida no Tijuca Tênis Clube.

Com a vitória, o Vivo/ Minas vai a semifinal. Seu adversário sairá do embate Sada Cruzeiro x ModaMaringá. Os celestes encaram o time do Paraná na próxima quinta-feira, fora de casa, porém com a vantagem da série.

O jogo

O primeiro set começou com a equipe carioca bem concentrada é com um erro de arbitragem que prejudicou os visitantes. O fato não abalou o Minas, que encostou no placar tirando a diferença de três pontos. No final, a equipe minatenista cresceu e venceu por 23×21 com dois belos saques de Filip.
O Rio começa do mesmo jeito o segundo set e consegue abrir quatro pontos antes do segundo tempo técnico com o central Ualas no saque. A equipe da casa conseguiu manter a vantagem e tirou proveito dos erros da equipe adversária para construir a vitória por 21×18.

No terceiro set o Minas voltou a reduzir os erros e conseguiu uma larga vantagem de seis pontos, que foi fundamental para manter a tranquilidade da equipe e jogar a pressão para a equipe carioca, que precisava do quarto set para seguir na competição.

No quarto set o Minas começou com uma parcial de 6×0 com dois bloqueios do sérvio Bjelika e só com o central Henrique no saque. O primeiro ponto da equipe da casa foi do oposto Alemão, seguido por um bloqueio do ponta estreante Everaldo. O Rio esboçou uma reação e tirou a vantagem dos visitantes, caindo de seis para somente dois pontos. A recepção do Rio começou a falhar e a vantagem subiu para seis pontos, complicando ainda mais a vida da equipe da casa.

Os cariocas ainda acreditavam. Minas errou muito e deu a chance para o RJ voltar à partida. Os minatenistas se recuperaram e tinham o matchpoint. Alemão não deixou. Rodriguinho, na segunda vez, também não deixou os mineiros fecharem. Até que Marcelinho levantou para Léo Mineiro, que pôs fim à participação do atual campeão na Superliga com particial de 21 a 19. Foi Léo Mineiro, inclusive, que recebeu o Troféu VivaVôlei.

Anúncios

Um comentário sobre “Superliga 2013/14: Com apoio da torcida, RJ Vôlei luta, mas Vivo/ Minas vence e avança à semifinal

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s