Fora de casa, Kappesberg/Canoas bate Voltaço na primeira rodada do segundo turno

Juliana Coelho
@ju_br16

Hoje (20/12), o Kappesberg/Canoas pegou o Voltaço fora de casa, na Ilha São João.

No primeiro set os visitantes sofreram na recepção com os bons saques do adversário. No meio do set, Minuzzi foi substituído por Enrico, de apenas 18 anos. A substituição deu mais liga ao time, mas perderam por 21×14. O Canoas não conseguiu bloquear no set e a defesa do Voltaço estava inspirada.

No início do segundo set o Canoas conseguiu dois bloqueios em uma parcial de 4×0, sendo que um deles foi simples do Enrico. No meio do set houve um ace do levantador Murilo que foi dado como “bola fora” pela arbitragem, fazendo com que a equipe da casa se aproximasse no placar. No final do set, o jogador Dennis, do Canoas, sentiu o tornozelo durante um ponto e a arbitragem não parou e não voltou o ponto. Com um final turbulento, a equipe gaúcha ganhou por 21×17.

O terceiro set começou nervoso. Bozko cometeu uma infração que passou pela arbitragem e vibrou de frente para os adversários. Cartão vermelho para o Canoas, que já estava advertido com o amarelo por reclamação anteriormente. O Voltaço conseguiu abrir quatro pontos, forçando o técnico Marcelinho Ramos, do Canoas, a fazer duas modificações que deram mais agressividade à equipe (a entrada de Temponi e Giovanni). Com um pontaço de bloqueio de Jonatas, a equipe da casa fechou o set em 21×16.

O quarto set começou com tudo! Uma linda bola de segunda no fundo da quadra do levantador Maurício, do Voltaço, fazendo o ponto de número quatro da equipe. A equipe de Volta Redonda sofreu com uma instabilidade no set e o Canoas abriu no marcador. Mas com uma sequência de saques flutuantes, o Voltaço voltou para o jogo e a diferença caiu para um ponto. Logo depois o Canoas reagiu e bastou dois toques no levantamento contra para fechar o set em 21×16 e levar para o tie break.

No tie break o Canoas abriu 2×0, mas vacilou e deixou o marcador igual. A equipe visitante voltou a pontuar nos contra ataques e disparou na frente. Com belos ataques de Canuto de um lado e uma bela defesa de Enrico no fundo de quadra do outro, o Kappesberg/Canoas ganha o tie break por 15×12, virou o jogo e levou os dois pontos.

O ganhador do VivaVôlei é o Dominicano Dennis.

Notas:

Enrico não fugiu da responsabilidade de substituir o experiente Minuzzi e mostrou que pode ser titular de qualquer equipe na Superliga. Ainda que bem novo, fez grandes defesas, bloqueou e atacou como um veterano. Fiquem atentos a esse nome: Enrico Zappoli.

Bruno Canuto esbanjou talento com seus saques e ataques potentes. Fez uma ótima partida e merece grandes elogios.

O cubano Dennis, mesmo com a torção no tornozelo foi o melhor da partida. As bolas decisivas e na hora do desafogo eram com ele. Mostrou vontade e raça.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s