Depois de apelo de jogadores do RJ Vôlei, amantes do vôlei retomam campanha dos Irmãos Endres

Mayara Rufino | @capitolinda

Após a entrevista bombástica que Riad Ribeiro concedeu para o blog Sem Bloqueio, onde o central criticou o ex-patrocinador do RJ Vôlei, e o ponteiro Thiago Alves, também da equipe, falou abertamente sobre alguns jogadores não estarem recebendo salário há alguns meses, amantes do esporte decidiram retomar a campanha que começou meses atrás com incentivo de Gustavo e Murilo Endres.

Fãs do vôlei se movimentam para ajudar o esporte. Arte: Mania do Vôlei

Com tags como #AcordaCBV e #UnidosPorUmaSuperligaMelhor, os amantes do esporte que mais cresce no país pedem o fim dos sets com 21 pontos e da evasão dos patrocinadores nas equipes, principalmente. Convenhamos que por mais torpe que seja, já nos acostumamos com patrocinadores abandonando equipes sem grande exposição na mídia. Mas e quanto ao time do Rio de Janeiro? O projeto provou a que veio: Quebrou um jejum de 32 anos do vôlei masculino carioca no lugar mais alto do campeonato nacional. Será que não vale a intervenção da CBV, da prefeitura? Os meninos não querem abandonar o barco, querem que o projeto continue. Estão esperando… mas até quando? Maurício Souza, reforço contratado para essa temporada transferiu-se para a Turquia na semana passada. A direção da equipe, em contrapartida, adianta que um contrato com uma grande empresa está para ser fechado. É o que todos nós esperamos.

E é essa questão que está alimentando a campanha. O movimento, ao contrário do que muitos pensam, não é pelo time do Rio de Janeiro: É pelo voleibol brasileiro. Como acontece hoje com a equipe do capitão Bruno, pode acontecer com qualquer outra (como sempre acontece em finais de temporadas). Por isso o movimento vem tendo destaque nas redes sociais e cada vez mais adeptos.

Torcedores comentam na página da CBV. Foto: Reprodução Instagram

Como posso aderir à campanha?
Curtindo a fan page no Facebook da “Unidos por uma Superliga Melhor” e confirmar presença no evento “Movimento para apoiar o vôlei brasileiro”, lá você terá todas as informações da campanha. E, claro, vestir negro, não só para assistir o jogo do RJ Vôlei contra o Sesi-SP no próximo sábado (7), mas se você vai a um jogo no Chico Neto, no Minas Tênis Clube, no Taquaral… Vá de preto. Afinal, estamos unidos por uma Superliga melhor, não?

E por que aderir?
O movimento busca o fim do controle da emissora detentora dos direitos de transmissão sobre o campeonato, com horários mais acessíveis, com divulgação do nome real da equipe e, principalmente, com o fim dos polêmicos sets com 21 pontos (que, por sinal, especula-se o fim no final desta temporada).

“O intuito da camisa preta no jogo do RJ Vôlei x Sesi-SP é para que possamos demonstrar nosso apoio ao time carioca que vem passando por dificuldades. Nosso objetivo é mostrar a paixão do torcedor que está junto com o time e não quer que o mesmo tenha um fim. Eles ainda têm muito o que acrescentar ao nosso estado… por isso lutamos por sua permanência.”, disse um dos responsáveis pela campanha, Mania do Vôlei.

Evento: 
RJ Vôlei x Sesi-SP: Sábado, 07 de dezembro, no Tijuca Tênis Clube.

Captura de tela 2015-08-15 00.48.02

Publicado por Mayara Rufino

tt

pinte

insta

fb

 

Nasci Mayara, mas pode me chamar de Capitolinda. Sou formada em Jornalismo, faço pós em Literaturas Portuguesa e Africanas, e apesar de ser sedentária e das letras, sou apaixonada por vôlei.

Anúncios

Um comentário sobre “Depois de apelo de jogadores do RJ Vôlei, amantes do vôlei retomam campanha dos Irmãos Endres

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s