Nessa data querida, relembre momentos do Gustavo Endres

Mayara Viegas
@1relicario

Ele é gaúcho de Passo Fundo. Bicampeão mundial. É um dos melhores bloqueadores do mundo. Já foi considerado melhor sacador em várias competições que participou. Já se aposentou da seleção, desaposentou e aposentou de novo. Teve carreira meteórica como comentarista da Globo. Parafraseou Dom Pedro. É torcedor do Inter. É marido da Raquel, pai do Enzo e do Eric e irmão do Murilo. Está de aniversário hoje.

Sim, estamos falando do colorado mais querido, nosso vovô galã do vôlei, Gustavo Endres. Não tem como pensar em vôlei e não lembrar dele, ora pelo seu empenho por um campeonato nacional melhor, ora pela indiscutível jornada na seleção brasileira.

Falar de Gustavo Endres é falar da geração de ouro, e vice versa. Afinal, com o perdão pelo uso do clichezão, mais de uma década ininterruptas não é um dia.

A seleção de ouro
Seleção e comissão comemoram o bi no Mundial. Foto: Divulgação
A geração de ouro saúda a torcida japonesa. Na foto, Gustavo (13), Nalbert (12), André Nascimento e Ricardinho.
Porém… nem tudo é ouro  

Para surpresa de tdos, nas Olimpíadas de 2008, em Pequim, depois de 8 anos de títulos, a seleção masculina foi prata. Foto: Globoesporte.com

Um time das Galáxias

Gustavo em quadra pelo Pinheiros/SKY, com os também colegas de seleção Marcelinho (2) e Giba (7). Foto: Divulgação
Com o patrocínio da empresa de TV por assinatura SKY, o Esporte Clube Pinheiros montou, em 2009, o time denominado “galáctico”, com as estrelas repatriadas Gustavo (ex- Treviso), Rodrigão (ex-  Macerata) e Giba (ex- Iskra Odintsovo).

Família, família
Depois dos Jogos Olímpicos de Pequim, depois de 12 anos sem férias, Gustavo se afastou da Seleção. Motivo? A família.
Gustavo e os filhos, “os doidões da @raquelendres”. Foto: Reprodução/Instagram
 

As férias da Seleção não duraram muito tempo. Dois anos depois do afastamento, o central estava de volta. Nosso aniversariante também esteve em Guadalajara, no México, e foi ouro junto com a seleção brasileira. Essa, sim, foi a última atuação de Gustavo sob o comando de Bernardinho.

Gustavo e a seleção brasileira no pódio do Pan de Guadalajara: meninos de ouro. Foto: Luiz Pires/ VIPCOMM
Gustavo bloqueia o argentino Quiroga (9), na semifinal dos Jogos Pan Americanos 2011. (Foto: Luiz Pires/ VIPCOMM)
Direto do túnel do tempo: os Endres, Murilo e Gustavo. Foto: Arquivo Pessoal
Os irmãos brincam com a situação: SESI – SP e Canoas, nesse dia, disputariam o 3º lugar na tabela da Superliga 2012/2013. Foto: Divulgação Canoas Vôlei/ Móveis Kappersberg 
Rival na Superliga, companheiros na seleção: Os Endres do mesmo lado da quadra, defendendo o Brasil. Foto: Divulgação/ FIVB
Dom Gustavo
Dia do fico: para a felicidade dos torcedores do Canoas e dos fãs do central, Gustavo anunciou mais uma temporada em quadra. Foto: Divulgação/ Canoas Vôlei

Como não poderia deixar de ser, o Linha das 5 preparou uma singela homenagem para esse ícone do esporte no Brasil. Parabéns, Gauchão! Que venham mais 38 anos de vôlei por aí!

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s